Anita Borg, uma inspiração para todas as mulheres até hoje, sempre mostrou a necessidade de abraçar a tecnologia, e não de temê-la. Sua carreira priorizava a entrada de mulheres e de minorias na área tecnológica, além disso ficou muito conhecida pelo lema de que a tecnologia tem que trabalhar pelas pessoas, e não as pessoas pela tecnologia. Este é o perfil da instituto que recebe o seu nome: Anita Borg Institute.

Nascida em 17 de janeiro de 1949, Anita teve seu primeiro contato com um teclado de computador em torno dos 20 anos, ao ponto de se dedicar ao estudo e à tecnologia. Em 1981 ela se tornou Ph.D em Ciência da Computação pelo Courant Institute at New York University e desde então iniciou uma carreira de pesquisa brilhante para alguns dos gigantes comerciais de seu setor.

Durante uma conferência sobre tecnologia (1987), ela percebeu que era a única mulher na platéia e iniciou a luta pela aparição das mulheres na área da tecnologia. A partir disso, ela iniciou a lista de e-mails Sisters, em 1987, que conseguia mentores para auxiliar as mulheres que trabalhavam com computação. Anita foi uma das fundadoras do Grace Hopper of Women in Computing (1994), inspirada na cientista Grace Murray Cooper, e que atualmente é a maior conferência de mulheres na área de tecnologia de todo o mundo. Bem como fundou o Institute for Women and Technology (1997), o qual englobava seus esforços anteriores e começava novos programas, parcerias e iniciativas para incluir as mulheres em todos os aspectos da tecnologia. Em 1999, o presidente Clinton designou a cientista para dirigir a Comissão sobre a Promoção da Mulher e Minorias em Ciências, Engenharia e Tecnologia (CAWMSET) e em 2002, ela recebeu o Prêmio Heinz de Tecnologia, da Economia e do Emprego.

Anita faleceu em 6 de abril de 2003, na Califórnia, mas deixou um exemplo de luta e conquista maravilhoso para nós, mulheres da computação e engenharia! Ela é responsável pela inclusão das mulheres na revolução tecnológica – não como espectadoras, mas como participantes ativas e líderes.

Anita_Borg

Anita Borg e seu legado: uma inspiração
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *