Processo de elaboração da Logomarca

I. O DESAFIO

O desafio foi criar, não só uma Logomarca para o Ramo Estudantil, mas sim uma Identidade Visual completa, que representasse a nossa missão, visão e objetivos. Queríamos transmitir para todos, de uma forma profissional, o grande significado de um Ramo Estudantil e tínhamos a principal preocupação seguir as normas pré-estabelecidas referentes à utilização do IEEE Master Brand. Mas, o nosso maior desafio foi o fato de não possuirmos capacidade intelectual e nem mesmo verba suficiente para contratar uma empresa especializada.

II. A SOLUÇÃO

A solução encontrada foi buscar essa capacidade técnica em empresas dentro da própria Universidade, formadas por alunos que estão dispostos a aprender.

Apostar no potencial de jovens empreendedores e projetos sociais era o objetivo do projeto piloto que foi lançado pela Lamparina Design, empresa júnior de desenho industrial da Universidade de Brasília (UnB). O edital do projeto foi aberto até 11 de julho 2012 para inscrição de empresas — nas categorias júnior e organizações sem fins lucrativos — interessadas em criação de identidade visual. Com o objetivo de prestar consultoria para organizações que não dispõem de capital para investimento em comunicação visual, a Lamparina ofereceu às três empresas selecionadas serviços de elaboração ou redefinição da marca da empresa, manual de uso e papelaria, como opções para cartão de visitas, papel timbrado, flyer (filipeta) e banner. Toda a consultoria para elaboração dos projetos também foi dada pelo grupo gratuitamente.

III. ESTRATÉGIA E METODOLOGIA UTILIZADA

Para se nos inscrevermos, tivemos que mandar o documento de inscrição conforme especificado no Edital que se encontrava no site da Lamparina (www.lamparinadesign.blogspot.com). As empresas foram selecionadas levando em conta sua disponibilidade para investimentos e mudanças necessárias à marca.

“Buscamos clientes que demonstrem disposição para trabalhar em equipe a fim de melhorar a imagem da empresa. Afinal, uma boa marca é a carta de apresentação de qualquer boa instituição”, explicou Anna Carolina de Carvalho Moraes, Voluntária da Empresa. A parceria previu 25 dias úteis para prestação de serviço.

Constava no edital, como critérios de desempate, o rendimento da empresa em 2011 e o número de projetos anteriormente realizados com a Lamparina. “Esses critérios são necessários para confirmar a possibilidade de investimento da empresa, levando em conta que o trabalho da Lamparina não implicará gastos à empresa contratante. As criações feitas pela equipe de design são entregues, ficando a cargo do cliente investir somente na produção”, acrescenta Anna Carolina.

Usamos a estratégia que nossos atos são em prol dos Alunos da Universidade de Brasília e o peso dessa responsabilidade é grande. Entendemos que além de fazer um bom trabalho, uma boa apresentação também era importante, e é por ela que mostraríamos com qual seriedade levamos nossas responsabilidades. O fato de estarmos fazendo progressos, e com eles a nossa visibilidade está aumentando. Queríamos mostrar não só o quanto os alunos da UnB são dedicados, mas também que a nossa Universidade merece respeito pelos profissionais que forma. Além de resolver o nosso problema de Identidade Visual, e já nos firmarmos com um símbolo próprio, tivemos a oportunidade de mostrarmos que nos apoiamos mutuamente e que a qualidade da Universidade nos leva a confiar uma tarefa tão importante dessas, aos seus profissionais.

IV. RESULTADOS

Após a espera de alguns dias, formos uma das três empresas selecionadas a participar do Projeto Piloto. Como dito anteriormente, o projeto teve como objetivo a criação de marca, manual da marca, cartão de visitas e papel timbrado para entidades beneficentes de assistência social e grupos de pesquisa vinculados ao ensino superior do Distrito Federal.

Fizemos, ao longo do segundo semestre de 2012, oito reuniões de brieffing, passamos à equipe responsável, formada por estudantes do curso de Design Industrial, todas as nossas expectativas.

A fase preliminar de geração da alternativas prévias terminou em setembro de 2012, e foram apresentadas à todos os voluntários. Após a apresentação tivemos que escolher uma opção para aprimoramento da Marca. A marca escolhida pelos voluntários foi a figura abaixo:

alternatprevia
Figura 01: Prévia da marca escolhida.

A alternativa desenvolvida para o Ramo Estudantil UnB tem o foco na identidade local. Ela o representa na dinamicidade da sua forma, no sentido de conexão, apoio e suporte dos membros, devido a suas bases bem edificadas, tem como palavras-chave o conceito de ramo, modular, moderno, conexão, sobriedade, identidade e suporte.

A marca representa o R, letra de identificação do Ramo, inspirada nas formas arquitetônicas de Brasília.

Sua forma é marcante e estática demonstrando seriedade, contrastando com suas cores que a suavizam, passando a ideia de jovialidade e fluidez.

Alternativa Final ficou surpreendente, as cores usadas foram muito bem apresentadas e todo o material formatado de forma perfeita.

Figura 02: Marca escolhida aperfeiçoada.

A equipe de trabalho da Lamparina ficou muito animada com o projeto e tiveram a ideia de fazer submarcas, englobando o nosso WIE UnB e GOLD Centro Norte, sendo assim, desenvolveram uma submarca para cada um.

Como funcionou isso? Eles utilizaram o mesmo símbolo que foi desenvolvido para o Ramo com o R que submete a Brasília, e mudaram as cores e a legenda, as mesmas foram colocadas no manual e também foi muito bem explicado como elas poderiam ser usadas com a marca do IEEE e com a marca do Ramo. Elas funcionam como outras assinaturas.

Muito materiais e informações foram enviadas e o trabalho final de Identidade Visual do WIE e GOLD seguem no link.

V. CONCLUSÕES

Após cerca de 60 dias de trabalhos, um contrato foi assinado, nos comprometendo a fazer bom uso da Identidade visual respeitando o Manual das marcas Um recibo de entrega de projeto foi assinado e um CD foi entregue com todos os arquivos necessários para o aproveitamento da Marca.

A Identidade Visual está sendo usada de forma correta e é sempre muito elogiada por professores alunos, membros e voluntários do IEEE.

VI. AGRADECIMENTOS

Agradeço primeiramente ao nosso Conselheiro Prof. Doutor Rafael Amaral Shayani por todo o apoio prestado desde o início e também a toda Diretoria da Seção Centro – Norte. Em segundo, mas não menos importante, a todos os voluntários que trabalharam nesse Projeto e principalmente à Ana Beatriz Dantas, Victor Furttado e Luciana França, ambos integrantes da Lamparina Design e que fizeram parte desse maravilhoso resultado.

VII. ATUALIZAÇÂO

No ano de 2016, a presidente Pamella Oliveira solicitou a Empresa Lamparina Design que acrescentasse  IEEE a Logomarca. A Empresa se dispôs a refazer todo o material da Marca, Cartão de Visita e Papelaria. Assim chegamos a Logomarca atual.

logo-ramo-estudantil-ieee-unb
Figura 03: Logomarca atualizada